19 de fevereiro de 2011

PRÉ-JOGO - Mogi Mirim x PALMEIRAS


|
Além das 4 linhas

O Palmeiras vem a campo nesse domingo, às 16h00, contra o Mogi Mirim. A partida é válida pela 9ª rodada do Campeonato Paulista, o qual o time palmeirense é o primeiro colocado com 19 pontos, enquanto o Mogi está apenas na 13ª colocação com 8 pontos. O favoritismo está todo do lado palmeirense, que além de vir de uma vitória contra o bom time do Americana, pode passar toda a semana treinando e se preparando para o jogo. Mais do que isso, o Palmeiras conta com a melhor defesa da competição com apenas 3 gols sofridos. Já a equipe do Mogi vem tendo dificuldades na frente das balizas, com apenas 8 gols em 8 partidas disputadas (é o 2° pior ataque da competição).

A equipe palmeirense conta com a volta de Valdívia, que não disputava uma partida oficial desde de 10 de Novembro, no ano passado. Ainda voltando de lesão e sem ritmo de jogo, o Mago deve iniciar a partida no banco de reservas com possibilidade de entrar no decorrer da partida. Outra boa notícia, o zagueiro Maurício Ramos se recuperou de lesão na coxa direita e já pode ser utilizado por Felipão.

Porém, nem todas notícias são boas. Deola machucou o dedo durante o treinamento e não jogará a partida nesse final de semana. Marcos, ainda com dores musculares na coxa esquerda, também não poderá ser opção. Cabe ao goleiro Bruno defender a meta alviverde.
Apesar da volta de Gabriel Silva, que estava com a seleção brasileira sub-20, o treinador palmeirense descartou sua imediata utilização, já que o jogador pouco foi utilizado durante o Pré-Olímpico e se encontra fora de ritmo de jogo. A solução será mais uma vez improvisar o razoável Rivaldo na lateral-esquerda.

Tática
(clique na imagem para ampliá-la)
O Palmeiras deve atuar de forma parecida com a formação tática e as estratégias utilizadas nas últimas partidas. A formação com 3 atacantes (4-3-3 ou 4-3-2-1) deverá ser mais uma vez utilizada pelo time palmeirense. No sistema ofensivo, Felipão deverá priorizar as jogadas pelas laterais com Cicinho e Rivaldo se aproximando dos alas Patrik e Luan. No meio-campo, será Tinga o encarregado de se aproximar da grande área adversária. Já o atacante Kleber deverá atuar como um “falso camisa 9”, fazendo o pivô quando necessário, mas também se aproximando das alas do campo como opção de passe. Quanto ao sistema defensivo, o treinador palmeirense deverá optar pela marcação pressão já no campo adversário, estratégia que vem sendo utilizada nessa temporada e vem apresentando bons resultados. Como os laterais palmeirenses são muito ofensivos, Patrik e Luan deverão estar atentos para recuar quando necessário e auxiliar na compensação defensiva.

Se Felipão optar por utilizar o camisa 10 palmeirense, Valdívia deverá entrar no lugar de Patrik. Assim, o Palmeiras mudaria sua formação tática para apenas 2 atacantes (4-4-2), com Valdívia se aproximando de Kleber no lado direito do setor ofensivo palmeirense.

(clique na imagem para ampliá-la)
 
Há também a possibilidade de contar no 2° tempo com Chico e João Vitor para fortalecer o meio-campo, e Adriano M.J. e Max Pardalzinho para aumentar a velocidade e a intensidade do ataque-alviverde.

Agora é esperar pela hora da partida, e não percam a Análise Pós-Jogo aqui no nosso blog!

Rodrigo Coelho
Equipe TAKTIKUS

|

2 comentários:

  1. Bacana, gostei !

    ResponderExcluir
  2. Muito Obrigado, Eduardo!

    Fico muito feliz em saber que você gostou!
    Estamos trabalhando bastante para poder oferecer ao leitor uma abordagem simples e clara quanto aos aspectos táticos da equipe palmeirense!

    Amanha postaremos no blog a Análise Tática da partida!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir